» Pré-Inscrições para o XIII Futsal AJITER;                                                » Conhece aqui todas as parcerias do Cartão AJITER;                                                



Qual a sua opinião acerca da "AJITER (EM) REVISTA"?

Gostei Muito (82)

Gostei (16)

Indiferente (0)

Não Vi (22)

Detestei (10)

Não Gostei (2)


XIII Torneio de Futsal AJITER

    Visitar AJITER no Twitter

    Concurso Angrarock 2017 apresentado nos Paços do Concelho
    A AJITER - Associação Juvenil da Ilha Terceira e a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo apresentaram ontem, 9 de março, o cartaz para a 18ª edição do Concurso Angrarock. Numa organização que resulta da parceria entre as duas entidades, o Concurso surge, este ano, com uma nova imagem e conceito que prometem dar um folgo renovado à iniciativa.

    Durante a apresentação, que teve lugar nos Paços do Concelho de Angra do Heroísmo, Décio Santos, presidente da AJITER, explicou que existe a necessidade de dar continuidade e relevância ao evento, o que justifica a introdução de algumas alterações ao funcionamento do concurso. Tal como elencou, o Angrarock passa a realizar-se no dia 22 de Abril, retornando ao espaço onde decorreu a sua primeira edição, a Praça Velha. As eliminatórias são agora “Audições”, que se realizam em espaços espalhados pela cidade, algumas semanas antes da final do dia 22, e que permitirão ao público ficar a conhecer e votar nos projetos musicais a concurso.

    Este voto do público é, também, uma novidade da edição de 2017 do Concurso. Depois das actuações de cada banda, o público poderá votar electronicamente na que mais gostou. Passam à final as quatro bandas mais votadas da competição, resultado de uma fórmula que atribui cinquenta por cento do peso de voto ao público e outros cinquenta por cento aos jurados da prova.

    Novos Prémios.
    Outra grande alteração implementada no Concurso Angrarock 2017 diz respeito aos prémios. É abandonado o antigo modelo em detrimento do reconhecimento das várias valências relacionadas com a composição de originais. Passam, agora, a ser premiados o “Melhor Projeto”, “Melhor Original” e “Melhor Intérprete”, com prémios monetários no valor de 750, 500 e 250 euros, respectivamente.

    Outra novidade apresentada na sessão de ontem está relacionada com um prémio para a “Melhor Letra”. A ideia, explicou a vereadora da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Raquel Ferreira, é tentar estreitar laços entre a música e a escrita criativa, incentivando este tipo de arte expressiva. “Por vezes, há boas bandas que não têm tanta apetência para escrever letras, tal como há muito bons letristas que não conseguem tornar as suas palavras em música. Pretendemos colocar estas pessoas em contacto e encorajar a produção cultural em várias vertentes”, referiu a vereadora.

    Ainda durante a apresentação, o promotor e criador do Concurso, Hélio Vieira, sublinhou que se pretende, este ano, conceder também um prémio de participação a todos os inscritos no valor monetário de 150 euros. O objetivo é promover a música e incentivar a interacção e criação cultural, dando uma plataforma de expressão a todos os jovens açorianos que pretendam dar a conhecer os seus projectos.
    Sexta-Feira, dia 10 de Março de 2017

    imprimir     enviar mail

    voltar à página noticias

    Palavras Chave: